Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 11 de junho de 2012

violoes que choram

 Vozes veladas, veludosas vozes, volúpias dos vilões, vozes veladas, vagam nos velhos vórtices velozes dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas.
                                                   Cruz e Souza. In: Poesia completa. Zahidé Muzart. Florianópolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário